Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Mundo das Mulheres

Mundo das Mulheres

12
Jan09

DOENÇA CELÍACA

Mundo das Mulheres
Tema - 3ª feira - 13|01|09
A Doença Celíaca é uma doença auto-imune que se traduz numa intolerância alimentar crónica e permanente ao glúten, proteína presente em quatro cereais: trigo, centeio, cevada e aveia. Isto é, a ingestão do glúten leva o organismo a desenvolver uma reacção imunológica contra o próprio intestino delgado, provocando lesões na sua mucosa. Estas lesões traduzem-se na diminuição da capacidade de absorção dos nutrientes.
Sendo uma doença auto-imune, atinge mais as mulheres do que os homens, numa proporção de 3:1. Pode aparecer em qualquer idade desde que o glúten já tenha sido introduzido na alimentação. O habitual é surgir pelo segundo ou terceiro semestre da vida (entre os 6 e os 20 meses de idade), alguns meses depois da introdução de alimentos com glúten na alimentação (papas, pão, bolachas, etc.). Porém, actualmente têm sido diagnosticados casos de doentes sem a sintomatologia habitual e em idades mais avançadas.
Estima-se que haja cerca de 5 a 8 mil celíacos diagnosticados em Portugal e as causas podem ser ambientais, genéticas e imunológicas.
Quanto aos sintomas, as manifestações clínicas são variáveis. Os sintomas mais comuns variam com a idade, sendo que, dentro de cada faixa etária, podem também variar em frequência e intensidade.

Nas crianças:
- Diarreia crónica / prisão de ventre;
- Atraso no crescimento;
- Aumento de peso insuficiente;
- Distensão abdominal;
- Alterações de humor;
- Vómitos.

Nos adultos:
- Anemia;
- Aftas recorrentes;
- Dores ósseas e cãibras;
- Alterações dermatológicas;
- Fertilidade diminuída e abortos espontâneos;
- Cansaço crónico;
- Alterações de comportamento como a depressão e a irritabilidade.

Actualmente, o único tratamento conhecido consiste numa dieta isenta em glúten. A mesma deve ser rigorosa, permanente e feita de forma saudável e equilibrada, não devendo os alimentos que contêm glúten ser eliminados, mas sim substituídos por outros cujas matérias-primas não o contêm.

Alimentos Permitidos:
- Farinhas, amidos e derivados de milho, arroz, trigo-sarraceno, batata, tapioca e mandioca;
- Carne;
- Peixe;
- Ovos;
- Marisco;
- Fruta;
- Legumes;
- Leguminosas;
- Leite e iogurtes naturais/aromas;
- Queijo fresco e requeijão;
- Açúcar e mel;
- Azeite e óleos vegetais;
- Vinho;
- Ervas aromáticas e especiarias (excepto o caril);
- Etc.

Alimentos Proibidos:
- Produtos de panificação e pastelaria (pão, bolos, bolachas, etc.);
- Massas alimentícias;
- Pizza, lasanha e canelones;
- Delícias do mar;
- Farinheira e alheira;
- Iogurtes com cereais;
- Sopas de pacote
- Cerveja.

Ao longo do programa, vamos tentar saber como é o dia-a-dia de um celíaco e como funciona a Associação Portuguesa de Celíacos (www.celiacos.org.pt).

Rubricas:
Direitos de Autor: Alexandra Gameiro, mãe de uma criança celíaca, apresenta o livro "100% Sem Glúten", da Folheto Edições & Design.
On Hair com Lúcia Piloto: onde a hair stylist apresenta uma mudança de visual para 2009.
Livre: a cantora e actriz espanhola Innocence apresenta o seu último trabalho.

Sites Úteis:
- http://livroportuguesemgluten.blogspot.com
- www.luciapiloto.pt
09
Jan09

GAGUEZ

Mundo das Mulheres
Tema 2ªfeira 12|01|2009
gaguez.jpg
Começamos a semana do Mundo das Mulheres a falar sobre gaguez, um distúrbio de linguagem poucas vezes debatido, mas que afecta um grande número de pessoas.
Diz quem sabe, que os gagos deixam de gaguejar sempre que cantam, falam em uníssono, sussurram, falam com animais ou crianças pequenas….mas será mesmo assim?!
Quais são as principais causas geradoras destas alterações da fluência verbal? Que tipos de gaguez existem e o que as distingue? Quais os principais mitos que ainda subsistem relativamente a este distúrbio? Que soluções existem para ajudar a pôr fim ou, pelo menos, atenuar a gaguez?
À conversa com Adelaide de Sousa vai estar Carla Ladeira, terapeuta da fala, Teresa Paula Marques, psicóloga clínica e Luís Rocha.

Rubricas
Em privado: A terapeuta familiar Catarina Mexia centra a sua intervenção na importância de contextualizar a doença no seio familiar.

Grande Plano: O crítico de cinema Rui Pedro Tendinha faz o rescaldo dos Globos de Ouro, que serão entregues este Domingo em Los Angeles.


Contactos úteis
www.gaguez-apg.com.

www.etnopsi.com

www.goldenglobes.org
08
Jan09

FERTILIDADE FEMININA

Mundo das Mulheres
Tema - 6ª feira - 09 | 01 | 09

Nos últimos 40 anos, a generalização dos contraceptivos hormonais, entre outros, veio alterar profundamente a forma como é encarada a sexualidade. Prazer e fecundidade passaram a estar separados, com a poder decisório da mulher a ganhar maior prepoderância, uma vez que adquiriu o controlo sobre a sua fertilidade. Essa manipulação do equilíbrio hormonal, porém, pode ter alguns efeitos colaterais que só agora começam a ser estudados com maior profundidade. É por isso que alguns especialistas em fertilidade defendem a adopção de métodos naturais no que diz respeito à fisiologia reprodutiva, como é, por exemplo, o método da “janela fértil”. Dinis da Fonseca e Daniel Pereira da Silva vêm demonstrar de que forma as mulheres podem hoje enfrentar o seu ciclo reprodutivo.
07
Jan09

NOVAS PROFISSÕES

Mundo das Mulheres
Tema - 5ª feira - 08|01|09

A mudança foi sempre encarada de forma ambivalente pelas sociedades: de facto ela pode-nos trazer coisas boas e coisas más…mas o único dado adquirido é que ela não deixa nada nem ninguém indiferente, alterando velhos hábitos, funções e convenções até então estabelecidas.

E se há cenário que tem sofrido uma silenciosa mas relevante transformação é o do trabalho.

No Mundo das Mulheres desta Quinta-feira iremos abordar as “novas profissões”, ou seja, funções que até há pouco tempo não existiam e que hoje estão presentes e com possibilidades de crescimento em Portugal.

Para tal iremos contar com a presença do nosso colaborador Lúcio Lampreia que nos irá dar conta das alterações verificadas.

Iremos contar ainda com a presença de 4 casos de profissões recentes, sendo nossos convidados o engenheiro alimentar Xavier Malcata, o engenheiro ambiental Tomás Ramos, o webdesigner Micael Monteiro e o game designer Pedro Silva.

Nas rubricas teremos espaço para as sugestões Lifecooler com a Raquel Strada e iremos ainda fazer a nossa habitual incursão cinematográfica na rubrica Grande Plano pela mão do Rui Pedro Tendinha.
06
Jan09

DEPOIS DAS FESTAS

Mundo das Mulheres
Tema - 4ª feira - 07|01|09
Depois das Festas e com o início do novo ano, é altura de repensarmos nos erros e excessos cometidos e traçarmos novos objectivos e desafios.
Neste programa, estarão os colaboradores Hugo Pereira, Personal Trainer, Susana Albuquerque, Consultora Financeira, e Teresa Branco, Fisiologista, que darão conselhos em diferentes áreas: saúde, exercício físico, alimentação e finanças.
No espaço das rubricas, ficaremos a conhecer uma associação de intervenção cívica: a Cidadania Pró (http://cidadania-pro.blogspot.com).
06
Jan09

MULHERES DE CAUSAS

Mundo das Mulheres
Tema - 3ª feira - 06 | 01 | 09

Vamos mostrar-lhe o empenho de três mulheres que defendem causas em àreas tão diversas como a saúde, através dos cuidados paliativos, a condição feminina e a igualdade de género, e o respeito pelo ambiente tendo em vista um desenvolvimento sustentável. Começamos pela saúde: Quando todos dizem que já não há nada a fazer para evitar a morte, entram em campo os enfermeiros, médicos, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais e assistentes sociais que integram a rede de cuidados paliativos. Isabel Neto tem como missão dignificar e cuidar da qualidade de vida de doentes em fase terminal.

Depois da saúde, vamos falar de condição feminina, com a presidente da Comissão Para igualdade de Género. Apesar da legislação ser adequada na protecção dos direitos das mulheres, no acesso ao trabalho e nas questões da violência doméstica, há muito ainda por fazer quando falamos de mentalidades. Existem preconceitos enraizados, tanto nas mulheres como nos homens, que parecem atrasar o estabelecimento real das desigualdades de género.

A terminar, Luísa Schmidt, socióloga no Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa, dedicando-se a duas áreas de investigação principais: Sociologia da Comunicação e Sociologia do Ambiente, em que se doutorou. Faz parte da equipa de investigadores que criaram o OBSERVA, um observatório permanente de Ambiente, sociedade e opinião pública, tendo investigado por exemplo a maneira como os portugueses vêm o seu papel na protecção do meio ambiente.


Informação útil em:

www.apcp.com.pt
www.cidm.pt
http://ecoline.ics.ul.pt
02
Jan09

MEDICINA DO TRABALHO

Mundo das Mulheres
Tema 05|01|2009
medicina do trabalho.bmp
A semana do Mundo das Mulheres abre com um programa centrado na importância da supervisão médica na prevenção e acompanhamento de doenças resultantes do exercício profissional. A Medicina do Trabalho tem como objectivo principal o bem-estar, a saúde e a segurança dos trabalhadores no local de trabalho. O Médico do trabalho realiza exames médicos de admissão, periódicos e de regresso à actividade (após doença ou acidente), tendo em consideração a especificidade de cada trabalho, de forma a minimizar qualquer risco para a saúde do trabalhador.
À conversa com Adelaide de Sousa vamos ter Sandra Sena, especialista em Medicina do Trabalho, e dois trabalhadores de diferentes ramos que no seu quotidiano profissional experimentam a extrema utilidade do acompanhamento de profissionais de saúde.

Rubricas
A Tempo Inteiro- O sociólogo do trabalho Lúcio Lampreia traz-lhe dicas práticas para aumentar o seu grau de satisfação profissional.

Livre- Marcos Ramos do projecto Boas Festas apresenta soluções para preparar e decorar uma festa para crianças.


Contactos úteis:
www.egor.pt

www.boasfestas.net
02
Jan09

EDUCAÇÃO ARTÍSTICA

Mundo das Mulheres
Tema - 6ª feira - 02 | 01 | 09

A Conferência Mundial de Educação Artística da UNESCO, que decorreu em Lisboa em Março de 2006, e que contou com cerca de um milhar de representantes de mais de uma centena de países, deixou uma porta aberta e uma vontade expressa de prosseguir, desta vez a nível nacional, a reflexão colectiva sobre os desafios que se colocam à educação artística no presente - isto, nas palavras da Ministra da Educação Maria de Lurdes Rodrigues. O Clube Unesco de Educação Artística surge assim para se constituir como espaço permanente de discussão e afirmação da importância da Educação Artística em Portugal, e de difusão dos seus modelos e práticas. Ao reunir entidades de natureza diversa a particulares com diferentes percursos profissionais e pessoais, debaixo da protecção da Comissão Nacional da UNESCO, este clube constitui-se também como um parceiro da comunidade educativa na promoção da Educação Artística, e ainda como um interlocutor disponível para todos os que sobre ela agem, a nível institucional e particular. Ana Pereira Caldas, presidente do Clube UNESCO para a Educação Artística, revela-nos o que deve ser feito a esse nível.

Informação útil em:

www.clubeunescoedart.pt

Pág. 3/3

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2009
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2008
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D