Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Mundo das Mulheres

Mundo das Mulheres

26
Jul10

3ª FEIRA - TEMA: " 7 prazeres Capitais "

Mundo das Mulheres

 

A edição deste sábado da revista ÚNICA do Expresso, tem como tema o Prazer. Ilustres desconhecidos e sete figuras públicas revelam o que lhes dá mais prazer.

As respostas são surpreendentes.

 

Clara Pinto Correia, fala sobre o prazer físico, sensual, sexual.

 

O padre e atleta José Tolentino de Mendonça encontra na Bíblia muita sensualidade e muitos tipos de prazer.

 

O músico David Fonseca encontra o prazer quando escreve ou compõe uma música, mas também quando a canta em palco.

 

A empresária Paula Amorim, dona das lojas Fashion Cinic, tem o prazer de poder vender o que muita gente sonha: moda e objetos de luxo.

 

Adelaide de Sousa fala-nos do prazer de ser mãe e da responsabilidade acrescida que a maternidade trás.

 

A enóloga Sandra Tavares da Silva gosta de mexer na terra, de sentir a passagem das estações e de usar todos os sentidos quando faz o seu vinho.

 

O empresário Carlos Quintas, vendeu por muitos milhões o negócio que tinha para poder fazer um retiro espiritual de quatro anos. Hoje diz que a sua vida é um orgasmo constante.

 

No próximo mundo das mulheres vamos falar sobre estes “7 Prazeres Capitais”, e contamos com a presença da jornalista Cândida Santos Silva, autora deste trabalho.

 

Vamos ainda contar com a rubrica “BoConcept” e “Conta Peso e Medida”.

 

 

Continue a concorrer até sexta-feira ao passatempo Vá Viagens.

Esta semana poderá habilitar-se a ganhar o Programa Douro Vintage no Pinhão, no CS Vintage House Hotel: a oferta é para  2 pessoas, duas noites, com pequeno-almoço incluído. Para se habilitar, desta feita, tem de responder correctamente à seguinte questão: A VÁ Viagens vende cheques viagem de 6 montantes diferentes, qual o valor mais baixo dos cheques viagem no site váviagens.com?...e como sempre, ser criativa quando nos disser o que pretende fazer no destino que oferecemos esta semana. envie o seu email para mmpassatempo@sic.pt

A vencedora será revelada no dia 30.

 

 

Já sabe que a viagem ao nosso Mundo tem sempre hora marcada às 19:00.O canal esse, é o do costume, a Sic Mulher claro!

 

 

Também pode visitar a nossa página no Facebook.

2 comentários

  • Sem imagem de perfil

    Sílvia Roque Martins 28.07.2010

    Agora com mais tempo, já depois da emissão do programa, gostava de acrescentar algo mais ao meu comentário.

    Claro que limitarmos a discussão do prazer à vertente sexual é tremendamente redutor e nem queria nada ir por aí, mas vejo-me na necessidade de complementar o que já disse.

    Tenho pena que a bióloga Clara Pinto Correia não tenha acrescentado à discussão em torno do orgasmo a justificação fisiológica para o mesmo... talvez não tenha havido tempo... A verdade é que este é um processo fisiológico requintadíssimo e perfeito nas suas diversas funções (na verdade, não é só uma). É sabido que as manifestações espasmódicas e de contractilidade de toda a zona genital feminina tem a função importantíssima de favorecer a fecundação - esta contractilidade contribui para dificultar o retorno do sémen, "empurrando-o" ao longo do aparelho reprodutor feminino. Ora, como esperar que as mulheres propiciassem elas próprias esta funcionalidade ao seu organismo, se o processo em si não fosse ele próprio brutalmente prazeroso? Esta será outra função importante do orgasmo, a que se referiu muito sumariamente Clara Pinto Correia - o prazer que o nosso cérebro retém leva-nos a procurar repetir semelhante experiência. Faz todo o sentido e a analogia com a alimentação torna muito óbvia esta função - alimentar-nos-íamos todos como o fazemos, se a comida não nos soubesse a nada, ou pior, se tivesse toda um gosto intragável? O prazer que retemos ao saborear determinado alimento não pode senão levar-nos a querer repetir a experiência. Sem querer esgotar o assunto - até porque este é, para além de maravilhoso, inesgotável - no ser humano o orgasmo é ainda comunicação - penso que qualquer homem que numa relação sexual preze verdadeiramente a mulher com quem se envolve sente ele mesmo um imenso prazer no prazer que constata ter proporcionado por meio do orgasmo feminino. Ui! E aqui poderíamos entrar pela complexidade impressionante da mente humana e chegaríamos ao prazer simulado - quantas mulheres não fingem o orgasmo por pura empatia ou compaixão?

    Dizia eu que é redutora a abordagem de um tema como o do prazer exclusivamente na sua vertente sexual... pois... parece que me excedi no palavreado... o que me denuncia num prazer a que não resisto - o da escrita. Fico-me por aqui, para não perder o pé, embora a cultura judaico-cristã que norteou a minha educação não tenha classificado como pecaminosa esta forma de prazer. Pela parte que me toca e por hoje, a luxúria e a gula parecem-me pecados suficientes. :)))

    É pena o programa ser tão breve e eu hoje acabei por apanhá-lo já perto do fim...
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

    Mais sobre mim

    foto do autor

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Arquivo

    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2009
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2008
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D