Horário
Directo:
• 19h00 às 20h00, de Segunda a Sexta-feira

Repetições:
• 06h00, 07h00, 12h00 e 02:15 de Segunda a Sexta-feira
• 06h00, aos Sábados e Domingos
Mais comentados
Quinta-feira, 9 de Outubro de 2008
Ser ou Não Ser Mamã
Cá está! As mulheres portuguesas responderam em massa, e a sua maturidade foi por demais evidente (e devo dizer surpreendente, porque às vezes achamos que somos piores do que somos...). Nos comentários colocados no nosso blog, bem como nos telefonemas que recebemos, todas disseram: respeito a decisão de não querer trazer mais ninguém ao mundo...tem consequências e pode até originar remorso, um dia mais tarde, mas ter filhos também as tem, e quem não conhece mães relutantes, que se queixam a todo o momento dos filhos e lamentam o que perderam no caminho?
Por mim, que me encontro mais ou menos a meio (no topo do muro, como dizem os ingleses), creio que a partir do momento em que nos foi concedida a liberdade para escolher, tudo se tornou mais complicado, como aliás é próprio de sermos livres - acarreta escolha e a escolha, qualquer que ela seja, traz sempre angústia e perda. Passamos a poder racionalizar aquilo que dantes era pura consequência de um acto muitas vezes emocional, e aí, instala-se a confusão. Na encruzilhada, muitas são aquelas que optam por nunca experimentarem as alegrias da maternidade e as suas tristezas, também.
Confesso que vejo e sinto uma certa inveja das que se atiraram de cabeça na experiência - é obra, convenhamos! Mas julgo reconhecer também a mesma inveja nos olhos das que se deixaram ir, e questionam no íntimo essa decisão - estou errada?
Acima de tudo, com ou sem relógio biológico, devemos respeitar quem escolhe de outra maneira, quem faz o que não fazemos, quem tem coragem para experimentar a transformação irrevogável que traz a maternidade. E quem não o faz, também...

publicado por Mundo das Mulheres às 13:42
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

3 comentários:
De Alguem a 21 de Dezembro de 2008 às 02:23
Eu pessoalmente acho que não há nada melhor que ter filhos e termos um orgulho imenso neles.Mas há muitas crianças sem pais,e todos nós podemos fazer papel de pais para as mesmas.
A maternidade é algo espiritual,muita mais que fisico.


De marisa martins a 11 de Dezembro de 2008 às 13:17
seria possivel debater o tema terapia da fala nas crianças,tenho uma filha que necessita de mais de uma consulta por semana, sendo que cada sessao ronda os 35euros.obrigada


De gledyce a 9 de Outubro de 2008 às 19:36
foi muito importante esse debate parabéns


Comentar post

Categorias
Comentários recentes
Olá, sou nova cá e gostaria de partilhar o meu blo...
Visitem e comentem: http://tudo-sobre-a-tv.blogs.s...
Olá eu sua a Rita, tenho 15 anos e os meus pais na...
Olá!Gostaria de compartilhar com você este lindo p...
Agora para ver se aparece o clicável... http://www...
Arquivo

Setembro 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Ligações
Pesquisar blog
 
Perfil