Horário
Directo:
• 19h00 às 20h00, de Segunda a Sexta-feira

Repetições:
• 06h00, 07h00, 12h00 e 02:15 de Segunda a Sexta-feira
• 06h00, aos Sábados e Domingos
Mais comentados
Quinta-feira, 8 de Janeiro de 2009
FERTILIDADE FEMININA
Tema - 6ª feira - 09 | 01 | 09

Nos últimos 40 anos, a generalização dos contraceptivos hormonais, entre outros, veio alterar profundamente a forma como é encarada a sexualidade. Prazer e fecundidade passaram a estar separados, com a poder decisório da mulher a ganhar maior prepoderância, uma vez que adquiriu o controlo sobre a sua fertilidade. Essa manipulação do equilíbrio hormonal, porém, pode ter alguns efeitos colaterais que só agora começam a ser estudados com maior profundidade. É por isso que alguns especialistas em fertilidade defendem a adopção de métodos naturais no que diz respeito à fisiologia reprodutiva, como é, por exemplo, o método da “janela fértil”. Dinis da Fonseca e Daniel Pereira da Silva vêm demonstrar de que forma as mulheres podem hoje enfrentar o seu ciclo reprodutivo.
tags:

publicado por Mundo das Mulheres às 19:33
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

5 comentários:
De sara costa a 14 de Janeiro de 2009 às 11:35
bom dia. queria felicitar o programa e a adelaide. parabéns pela sua gravidez. acredite que é uma excelente fase. eu tenho uma menina de 7 meses e tive a sorte de engravidar logo que parei a pílula. mas a minha irmã tentou 3 anos até que conseguiu, o problema dela era psicológico. agora tenho um lindo sobrinho com 15 meses. por vezes a cabeça manda mais que o corpo. é bom as mulheres estarem descontraídas o que por vezes é muito dificil. felizmente hoje a medicina é muito avançada e muitas mulheres que antes não poderiam ser mães hoje podem. muitos parabéns mais uma vez. beijinhos


De Raquel P. a 9 de Janeiro de 2009 às 19:43
Boa tarde,

Sofri de disturbios alimentares durante anos e, por conseguinte, o meu ciclo não é regular apesar de ter um peso aceitável há 5 anos.
Perante isto, gostaria de colocar uma questão relativa ao planeamento familiar natural:
existe algum método de planeamento familiar natural que permita saber qual é a altura fértil numa mulher cujo ciclo é irregular?

Parabéns pelo programa que aborda assuntos bastante interessantes e úteis.


De Ana a 9 de Janeiro de 2009 às 19:12
Boa tarde,

Eu e o meu marido fizemos parte da enorme lista de casais que sofrem de infertilidade. Hoje já temos a nossa filha mas, durante aquele período, não imaginam a quantidade de vezes que me disseram que se deixasse de me preocupar ficaria grávida... Claro que não era stress, era mesmo uma doença. Aliás, quando a infertilidade passar a ser encarada por todos (médicos incluídos) como uma doença, certamente que terá sido dado um grande passo!

No início, recorri a um método de detecção do período fértil através da saliva. Pela minha experiência, é totalmente ineficaz. Segundo o aparelho, eu ovulava todos os meses mas, afinal, estive seis meses seguidos sem o conseguir fazer. Ou seja, este método só me fez perder tempo. O mesmo se aplica ao método da temperatura ou da observação do muco, ambos extremamente falíveis. Por isso, só encontrei três formas de saber se estava a ovular: ou através de um teste de urina (muito mais caros, mas fiáveis), ou através de controlo ecográfico ou ainda através de uma análise ao sangue.

Parabéns pelo programa e que continuem a focar temas interessantes!


De sonia a 9 de Janeiro de 2009 às 19:09
ola boa tarde.
ha pouco falaram da toma da pilula como um dos metodos mais usados. gostava de saber o que o doutor considera como "toma cronica da pilula", pois eu tomo a pilula a cerca de 10 anos regularmente e estou a pensar tomar ainda mais 2 ou 3. gostava que me esclarecesse se a toma deve ser continuada ou se devo fazer pausas, pois a questao da infertilidade deixa-me ansiosa ha anos.
muito obrigada


De Rosária Frade a 9 de Janeiro de 2009 às 15:53
Boa Tarde, e Bom Ano para toda a equipa.
Em 2002 estive inserida num grupo de voluntários para ir em missão para a Guiné, e recebi alguma formação sobre o planeamento familiar, em que nos ensinaram a analisar alguns aspectos do nosso corpo como a temperatura do corpo, aumento muito ligeiro dos seios, etc. Não é fácil esta auto-observação e reconhecer que estamos no nosso período fértil, mais, permanecer durante este pequeno período de tempo em abstinência sexual "quando o corpo pede."
Eu pessoalmente não gosto de tomar a pilula, e nem quero pensar em contraceptivos no corpo faz-me impressão.
Já tenho um menino de 4 anos, uma menina de dois anos e meio e estou grávida de 6 meses de outra menina. Gostava de ficar por aqui,mas não gosto de tomar contraceptivos. Também já ouvi dizer que os contraceptivos reduzem ainda que numa percentagem minima o apetite sexual. É ou não verdade?
Parabéns por tantos temas interessantes que tem tratado no vosso programa.


Comentar post

Categorias
Comentários recentes
Olá, sou nova cá e gostaria de partilhar o meu blo...
Visitem e comentem: http://tudo-sobre-a-tv.blogs.s...
Olá eu sua a Rita, tenho 15 anos e os meus pais na...
Olá!Gostaria de compartilhar com você este lindo p...
Agora para ver se aparece o clicável... http://www...
Arquivo

Setembro 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Ligações
Pesquisar blog
 
Perfil