Horário
Directo:
• 19h00 às 20h00, de Segunda a Sexta-feira

Repetições:
• 06h00, 07h00, 12h00 e 02:15 de Segunda a Sexta-feira
• 06h00, aos Sábados e Domingos
Mais comentados
Sexta-feira, 26 de Fevereiro de 2010
"Mães de Coração" no Mundo das Mulheres

 

 

 

“Mãe que maltrata os filhos” é uma das definições que encontramos no dicionário para a palavra “madrasta". O sentido é figurado, mas o preconceito é real...

 

Na ficção, a má impressão persiste…a horrorosa madrasta de Branca de Neve era uma bruxa malvada que aterrorizava as criancinhas, mas a realidade é bem diferente.

 

A verdade é que na maioria das vezes, as madrastas são como uma “segunda mãe” para as crianças...

 

"Mães de Coração" é o tema que dá o mote ao programa de segunda-feira.

 

Nas rubricas, Teresa Branco traz-nos "Conta, Peso e Medidas", e Catarina Mexia fala-nos "Em Privado".

 

Marcamos encontro às 19h00, na SIC Mulher!

 

 



publicado por Mundo das Mulheres às 19:55
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

14 comentários:
De rita carvalho a 1 de Março de 2010 às 18:18
Ser madrasta não é nada fácil.
É preciso aturar todo tipo de preconceito e estereótipo. Tudo por amor ao marido.
Eu não tenho uma má relação com os meus enteados mas nem sempre é facil porque habitam na minha casa e nem sempre me respeitam.
A frase "não és a minha mãe" é talvez a que oiço mais!
E o pior é que o meu marido, pai deles, não se quer meter na conversa para não ficar mal com os miudos, visto só estar ao fim de semana.
Qual é a solução para viver mais calmamente na minha própria casa?!
Não exijo nada as crianças?! Faço braço de ferro com elas?! discuto com o meu marido por não me apoiar?! enfim...mil perguntas.

Um bom programa Adelaide.
E parabéns




De rita carvalho a 1 de Março de 2010 às 19:12
Não temos filhos em comum...dai sem dificil para mim.


De Celsa a 1 de Março de 2010 às 19:17
Olá meninas, boa tarde!
relativamente ao assunto de hoje, toca-me de perto.
tenho 29 anos e acabei um relacionamento de 4 anos por causa dos filhos do meu namorado.
são tres, duas raparigas de 16 e 14 anos e um rapaz de 5. a relação acabou pelo simples facto do meu namorado querer que fosse eu a colocar regras em casa!! coisa que ele nunca impôs!! nem sequer um simples gesto de regular horas de refeição!!!


De filomena pinto a 1 de Março de 2010 às 19:30
ola
cá em casa são 4 filhos, 2 meus, 1 nossa e a minha enteada. não faço distinção entre nenhum e na escola sou mãe de todos. a prof. manda recados para a mãe e são entregues a mim... eu sou a responsavel de turma e na escola a mãe dela sou eu, pois não conhecem outra. não foi nada imposto, foi natural, fruto de uma batalha que felizmente consegui "ganhar". durou muito, tambem ouvi "não és a minha mãe, não mandas", mas contrariei e acabei por ter um relacionamento mãe/filha. quando há uma duvida, é comigo que ela vem ter, e dou graças a deus por ter uma enteada tão minha amiga como os meus filhos. só queria dizer que por vezes não nos devemos enganar, pois sempre tive bem viva na minha mente aquela frase: " ter é dor e criar é amor".
a minha enteada vive comigo, vai à mãe a cada 15 dias, e para mim neste caso, se eu não for a mãe ela não existe... pois não é de 15 em 15 dias, que se educa um filho...

obrigada
filomena pinto


De betty a 1 de Março de 2010 às 19:44
pior que lidar com os filhos que ja vem de uma relaçao anterior é lidar com as maes dessas crianças que as usam para minar a nossa nova relaçao .como lidar com isso????,,,,,



betty suissa


De Anônimo a 3 de Março de 2010 às 13:32
Passo por esta mesma situação, como fazer para conseguir liberdade da ex do meu companheiro se eles (filhos) trocam de casa a cada dois dias no máx? Todas as semanas?


De Rita a 1 de Março de 2010 às 19:41
Achei o placement da ZON de muito mau gosto. Se precisam de fazer dinheiro pelo menos façam inserções bem feitas e relevantes para o público em questão.


De Mundo das Mulheres a 2 de Março de 2010 às 10:39
Boa tarde, Rita!

Por não dizer respeito ao tema em questão, não lemos o seu comentário durante o programa. Vamos reencaminhá-lo para quem de direito.

Obrigada,

Adelaide


De Celsa a 1 de Março de 2010 às 19:48
A mãe é activa e realmente coloca regras em casa dela e resulta, mas em casa do pai essas regras e simples gestos do dia a dia deixam simplesmente de existir!! o pai não impõe porque alega que já basta sofrerem por estarem separados, acaba por mimar e não "educar"


De Tatiana a 1 de Março de 2010 às 19:53
Boa tarde

Sou madrasta de duas crianças, uma de dez anos e um menino de 6. Já o sou à 5 anos. no inicio foi uma tarefa muito complicada. mas agora sou uma grande amiga deles, uma confidente mesmo dos namoricos e dos problemas que têm com a mãe. No entanto, so estamos com eles durante os fim de semanas, de 15 em 15 dias mas isso não implica a cumplicidade.

Realmente a relaçao com a mae nao +e muito facil devido aos ciumes que tem da relaçao minha com as crianças. Penso que o ideal era mesmo haver uma relaçao saudavel, mas tal nao acontece


De Cadinha a 1 de Março de 2010 às 19:55
Olá, só comecei a ver e se calhar a pergunta que vou fazer, já propuseram, mas se possível gostava de saber a opinião.
Sou madrasta de um menino lindo de 5 aninhos, que adoro como se fosse meu!! Ele só está connosco fim de semana sim, fim de semana não e andamos a reparar que ele anda muito carente e pedir à mãe para vir sempre para nós. o que pergunto é se é bom para uma criança ter uma semana em casa do pai e uma semana em casa da mãe...Será que o vai prejudicar?
Obrigada.


De Mundo das Mulheres a 2 de Março de 2010 às 10:38
Boa tarde, Cadinha!

O seu comentário não chegou a tempo de pedirmos uma resposta à nossa convidada especialista em psicoterapia familiar. Por isso, vamos reencaminhá-lo para ela, que fará o favor de dar a opinião quanto às questões que levanta.

Obrigada por nos ver!

Adelaide


De Anónimo a 3 de Março de 2010 às 13:19
Olá bom dia, gostaria de ter a opiniões de vocês, eu sou casada e tenho um filho de 15 anos e meu esposo tem uma filha de 19 anos e temos uma bebé de 13 meses, e minha intiada esta constantemente a a fazer das dela por ex. mandar messagens ao meu esposo dizendo que eu tenho amantes e diz-me sempre que fará de tudo pra me separar do meu esposo pois o pai é dela e não meu. e que tudo o que é dele jamais vai ser repartido comigo e dai por diante o que eu devo fazer pois estou realmente sem saber o que devo fazer pois ja estou cansada destes insultos... como devo agir gostaria de um conselho... obrigado


De Vladia Hissa a 3 de Março de 2010 às 13:29
Tenho uma relação com uma pessoa que tem dois filhos, um rapaz de 12 e uma menina de 7 anos, eu tenho uma filha de 6 anos, nós os quatro nos damos lindamente embora acredite que a forma como meu companheiro e sua ex-mulher decidiram por criá-los seja um pouco estranha. Os meninos ficam Seg-Qui e Sád com um e Ter, Qua, Sex e Dom com o outro. Gostaria de saber se esta decisão é favorável para as crianças. A justificativa dos pais é a de não ficar longe dos filhos, mas isso acaba por pôr em causa outros factores. Terá sido esta uma boa decisão para os filhos?


Comentar post

Categorias
Comentários recentes
Olá, sou nova cá e gostaria de partilhar o meu blo...
Visitem e comentem: http://tudo-sobre-a-tv.blogs.s...
Olá eu sua a Rita, tenho 15 anos e os meus pais na...
Olá!Gostaria de compartilhar com você este lindo p...
Agora para ver se aparece o clicável... http://www...
Arquivo

Setembro 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Ligações
Pesquisar blog
 
Perfil